Livros que o Rodrigo leu

Gosto muito de ler. Sou meio fanático e leio em qualquer lugar e a qualquer hora possível. No desespero vale até bula de remédio ou embalagem de biscoito. Aprecio muito ficção científica e biografias; acima de tudo, gosto de histórias bem contadas. Caso você tenha alguma sugestão, por favor me envie.

Veja também o que falo sobre livros em meu blog.

Livros que ainda quero Ler

Sempre estou querendo ler livros novos e acabo me esquecendo depois quais me interessaram. Esta relação abaixo é para me lembrar disso. Aqui vou colocar os livros que quero ler mas ainda não tenho:

  1. A Montanha Mágica - Thomas Mann
  2. Vinhas da Ira - John Steinbeck

Registros de Livros que Já Li

Os anos abaixo indicam quando terminei de ler cada obra. É muito comum eu começar a ler um livro parando outro no meio, voltando a lê-lo somente um tempo depois. Assim, posso ter começado a ler um livro em um ano e só acabar de lê-lo no ano seguinte. Esta maneira de ler não é uma constante, mas, como sempre estou comprando livros novos, acabo me interessante mais por um título que acabei de trazer da livraria do que outro que estou lendo, seja porque o livro está numa parte lenta, seja porque estou mais interessado na novidade.

Esta página acabou me ajudando a ser mais organizado com minha leitura. O objetivo dela foi lembrar quais livros eu havia lido e assim ter um registro, sabendo o número de obras por ano que eu estava lendo. O lado bom é que eu acabo sempre voltando aos livros que estão pela metade, terminando-os e ajudando a aumentar a média anual.

Em 2005 resolvi mudar a lista inicial para uma tabela com mais informações. Agora vai constar a data que acabei de ler o livro e também uma nota, de 0 a 5, para dar uma idéia de quanto gostei do livro. Vamos ver se vai funcionar. As notas são as seguintes:

Nota O que é
1 Ruim - não sei como consegui chegar ao final
2 Satisfatório - Faltou alguma coisa; razoável
3 Bom - livro legal, boa diversão/informação
4 Ótimo - Acima da média, recomendo para qualquer um
5 Excelente - obra prima, trabalho de gênio, seja pela qualidade ou pelo conteúdo

2007

Livro Autor Data Nota
1. O Dom da Amizade: Tolkien e C.S. Lewis Colin Duriez 02/01/2007 ***
2. Os Mandamentos da Lucratividade Alberto Saraiva 15/01/2007 ***
3. Transformando Suor em Ouro Bernardinho 16/01/2007 ****
4. Carmen Ruy castro 23/02/2007 ****
5. Post Office Charles Bukowski 19/02/2007 ****
6. Crônica de um Amor Louco Charles Bukowski 06/04/2007 ***
7. Marketing Radical Sam Hill e Glenn Rifkin 22/04/2007 ***
8. The Dark Side of the Moon - Os bastidores da obra-prima do Pink Floyd John Harris 24/04/2007 ****
9. Uma Breve História de Quase Tudo Bill Bryson 16/06/2007 ****
10. Mind Performance Hacks Ron Hale-Evans 19/07/2007 ****
11. O Homem do Castelo Alto Philip K. Dick 16/08/2007 **
12. Os Mistérios não Explicados da Ciência John Malone 04/09/2007 ***
13. Marley e Eu John Grogan 08/09/2007 ***

2006

Comecei a ler com sobras de livros de 2005.

Blink - A Decisão num Piscar de Olhos é realmente muito interessante. Já havia ouvido falar do autor, Malcolm Gladwell na web e em diversas revistas. Neste livro Gladwell fala de intuição, daquela coceira que as vezes nos aflige quando achamos que algo não está correto ou daquela antipatia gratuita por uma pessoa que acabamos de conhecer. Basicamente ele explica o que acontece naquele piscar de olhos (blink) onde tomamos uma decisão que não entendemos bem do que se trata.

Grandes Vidas, Grandes Obras é um livro de biografias, do Reader's Digest. Lá tem de tudo um pouco, de Joana D'Arc, Aleijadinho, Newton, Einstein e mais de umas duas dezenas de grandes personalidades. Achei o livro na casa de minha sogra, e como ela iria jogar fora resolvi ler, já que gosto bastante de biografias. No final das contas gostei bastante, pois dá uma boa idéia da vida de um monte de gente que fez muita coisa pelo mundo em que vivemos.

Os livros da Fundação Getulio Vargas li para participar de um game online que a FGV daqui de Curitiba promoveu. Tive que fazer uma monografia e acabei ficando em segundo lugar entre mais de 1.300 inscritos.

Angels & Demons (audiobook) foi um dos primeiros audiobooks que li. Aproveitei que agora tenho um CD player no carro que toca mp3 e resolvi ouvir o livro. Bem interessante para treinar o inglês.

A Busca é um ótimo livro para quem quer saber um pouco mais da história do Google e da evolução que a Internet terá nos próximos anos. Recomendo para qualquer um!

Practicing the Power of Now (audiobook) é bem interessante. O resumo é que não existe o passado e o futuro, só o agora.

Dune Messiah é o segundo livro da série Duna. Reli pela segunda ou terceira vez, não lembro. É a coleção de livros que mora no meu coração. Comecei a ler a série na minha adolescência e nunca mais parei. É ótimo.

Os Segredos da Mente Milionária é um livro interessante, e bom para reler de vez em quando. Bom para mudar atitudes e pensar um pouco fora da caixa.

A Arte de Fazer Acontecer (Getting Things Done) ensina o sistema de organização criado por David Allen. Muito bom para tirar tudo da sua cabeça e ajudar a organizar a sua vida.

Misto Quente conta a infância de Henry Chinaski, o alter-ego de Charles Bukowski. É um direto de esquerda na boca do estômago. Muito bom!

A Autobiografia de Benjamin Franklin é um livro interessante. Bom para ter uma idéia da vida e dos costumes nos idos de 1.700. Quem quiser saber mais sobre Franklin é melhor pegar algo mais concreto. Acho que é válido como documento histórico.

Em A Harmonia do Mundo Marcelo Gleiser conta a busca do astrônomo alemão Johannes Kleper pelos segredos do universo. Kepler passa a vida tentando descobrir a força que une o Sol e os planetas e acredita que existe algo de belo e harmonioso em tudo isso. Livro muito bom, com uma história bem contada e interessante.

Quem conheceu os computadores na década de 1980 vai se deliciar com Twisty Little Passsages. Ele conta e faz uma análise dos jogos de Interactive Fiction, conhecidos por muitos como Text Adventures. São aqueles jogos da era pré-graficos onde através de descrições e comando através do teclado você interage com um mundo virtual, passando por desafios e descobrindo o ambiente em que se encontra.

Livros que já li em 2006:

Livro Autor Data Nota
1. Blink - A Decisão num Piscar de Olhos Malcolm Gladwell 02/01/2006 ***
2. Grandes Vidas, Grandes Obras Reader's Digest 04/01/2006 ***
3. Fundação Getulio Vargas - Concretização de um Ideal Maria Celina D'Araújo 05/02/2006 ***
4. Mario Henrique Simonsen - Um Homem e seu Tempo Fundação Getulio Vargas 06/02/2006 ***
5. Fundação Getulio Vargas - Pioneirismo a Serviço do Desenvolvimento Nacional Jorge Gustavo da Costa 08/02/2006 ***
6. Angels & Demons (audiobook) Dan Brown 02/03/2006 ***
7. A Busca John Battelle 05/03/2006 ****
8. Practicing the Power of Now (audiobook) Eckhart Tolle 03/05/2006 ***
9. Dune Messiah Frank Herbert 13/06/2006 ****
10. Os Segredos da Mente Milionária T. Harv Eker 15/09/2006 ***
11. A Arte de Fazer Acontecer (Getting Things Done) David Allen 20/09/2006 ****
12. Getting Things Done FAST - Seminário audiobook David Allen 23/10/2006 ****
13. Misto Quente (Ham on Rye) Charles Bukowski 02/11/2006 ****
14. Autobiografia Benjamin Franklin 04/11/2006 ***
15. A Harmonia do Mundo Marcelo Gleiser 17/12/2006 ****
16. Twisty Little Passsages Nick Monfort 23/12/2006 ****

-->

2005

Neste ano resolvi mudar um pouco a forma que mostro os livros lidos. Ao invés de somente uma lista com os nomes, agora incluí também a data em que acabei de ler o livro junto com uma nota, de 1 a 5. Assim fica mais fácil para quem ler esta página ter uma idéia geral de como é o meu processo de leitura -- começando diversos livros ao mesmo tempo e depois terminando um por um.

Já faz um tempo que eu queria ler alguma coisa do Robert A. Heinlein e como eu havia dado o Um Estranho Numa Terra Estranha para a minha sogra, resolvi lê-lo. É um livro legal e a abordagem também é muito interessante. O protagonista é uma espécie de Super-Homem. Terráqueo, mas que cresceu em Marte e cresceu através da cultura local. Quando volta para a Terra tem poderemos enormes. O que mais gostei foi da parte em que ele sai pelo mundo fazendo o que gosta e o que acha que é correto. Boa leitura.

O Natimorfo é mais um livro das paranóis do Mutarelli. O livro não é tão bom como o sublime O Cheiro do Ralo mas é diversão garantida.

Coração Envenenado conta a história dos Ramones sob o ponto de vista do seu baixista e principal letrista, Dee Dee. Me impressionei com o livro, pois não achava que os caras eram tão junkies quanto pareciam. Achei que era mais tipo, fachada/marketing de roqueiro do que qualquer outra coisa. O livro é legal, contado na primeira pessoa e mostrando diversas fases da vida de Dee Dee quando integrava os Ramones. Mesmo para quem não é fã da banda é um bom divertimento para ver o lado junkie da nossa sociedade.

Exploring the World of Lucid Dreaming é uma história a parte neste meu ano de leituras. No início de janeiro tomei contato com o mundo dos Sonhos Lúcidos e logo depois comecei a ler este livro. O livro é fantástico, explicando tudo o que você precisa saber para entrar neste mundo incrível. Nota 1000000!

Fico, a História de Rafael Levy continua a minha saga das biografias de surfistas. O livro é interessante, mas muito curto. Fico se detém mais na parte da doença dele do que na sua história como surfista e empresário. Mas nem por isso o livro deixa e ser interessante. E eu lembro até hoje quando tinha uns 12 anos e comprei uma mochila emborrachada, verde limão, da Fico. Fiquei nas nuvens :-)

Sonhos Criativos eu encontrei num sebo, por acaso. Estava procurando algo sobre sonhos, para complementar o meu estudo de sonhos lúcidos e achei este livro. Ele á um clássico da literatura moderna sobre sonhos e aborda diversos aspectos do mundo onírico. Consegui extrair diversas dicas bem práticas de lá, que não tinha visto no livro do LaBerge. Acho que a melhor foi sobre como escrever no seu diário de sonhos. Só bateu uma tristeza quando vi uma foto atual da autora. Infelizmente o tempo também chegou para ela e nem parece a linda mulher na contracapa do livro, em foto de 1971 :-)

Alma Guerreira é a biografia de Octaviano Bueno, o Taiu, um dos melhores surfistas do Brasil na década de 1980. Ele sofreu um acidente, em um tubo numa praia de São Paulo e teve comprometimento da medula, ficando paralítico dos ombros para baixo. Hoje Taiu continua surfando através dos ótimos artigos que escreve nas revistas de surf aqui no Brasil e também participando da cena de surf como locutor e em outras atividades. Realmente é um livro de Alma!

Made in Japan foi lançado pela metade da década de 1980, quando eu era adolescente. Lembro de ter visto este livro naquela época e achado-o interessante mas na verdade nunca me motivei mesmo para lê-lo. Acabei achando no sebo junto com o Sonhos Criativos. Mesmo sendo um pouco defasado, por ter quase vinte antes de idade, gostei da visão de Morita. A Sony é realmente uma empresa legal e os seus produtos tem uma ótima qualidade. Ela tem uma das melhores frases para uma empresa que eu conheço quando fala de seus produtos: It's a Sony. :-)

Jesus Kid! Mutarelli na veia. Gostei muito do livro. A dualidade do escritor/personagem de faroeste é muito bem feita. A opressão, a loucura do hotel, as viagens e latinha de menta cheia de comprimidos coloridos dá o tom do livro. Lourenço se supera e tem um ótimo futuro pela frente. Como eu disse para a Lucimar estes dias: "Quero poder ler um Mutarelli de 500 páginas" :-)

Porque Sou Budista foi escrito pela maravilhosa Soninha. Alguém tem a coragem de dizer que não gosta dela? O livro é bem didático e tem até um glossário para os estreantes neste mundo. Eu comprei o livro quando participei do Retiro de Yoga dos Sonhos, no feriado de 21/04. Me foi de grande ajuda porque quando não entendia algum termo que estavam falando corria para o glossário e quase sempre encontrava a definição.

Desvendando os Quadrinhos é muuuuuito bom. Mesmo para alguém como eu que não é desenhista e não pretende fazer nenhuma história em quadrinhos. É impressionante como o autor mergulha fundo no universo dos quadrinhos e mostra-nos com uma linguagem clara como funciona esta forma de expressão.

On Writing - A Memory of the craft é um ótimo livro. Resolvi relê-lo porque voltei a escrever diversas coisas a partir de maio. Recomendo!

Sidarta li depois de participar de um seminário budista. Interessante, mas acho que faltou algo.

Assassinatos na Academia Brasileira de Letras não gostei. Achei fraco. Muito fraco e previsível.

Caminhos Metamórficos é um ótimo livro. Escrito pelo meu amigo Joe Ferreira, é uma delícia de saborear. Suas desventuras, aventuras, pioneirismo e força de vontade são um exemplo para qualquer um.

Contato é fantástico. Ainda mais para alguém que como eu gosta de ficção científica, de astronomia e de carl Sagan. E não importa se você viu o filme; o livro tem um final surpreendente, que não consta do filme.

Tuareg foi indicação do meu amigo Giba. Muito bom e me lembrou um pouco os Fremen, da série Duna.

O Fotógrafo é um livro aclamado pela crítica, do curitibano Cristovão Tezza. Putz, não é o meu tipo de livro. Demorei um século para lê-lo. O que mais gostei é que ele é ambientado aqui em Curitiba. É engraçado ver uma história ambientada na cidade em que você vive...

Os Segredos da Ficção e A Arte da Ficção comecei a ler por volta de maio mas só acabei no final do ano. Também foi para me dar uma base melhor para as coisas que eu estava escrevendo. Os livros são legais, mas tem algumas coisas chatas nos dois. Muita teoria...

Paixão por Vencer, do Jach Welch é muito legal. Eu já tinha lido dele Straight from the Gut. O cara é bom, indiscutivelmente, e sempre te dá respostas lógicas e coerentes. Vale a pena.

Livros que li em 2005:

Livro Autor Data Nota
1. Um Estranho Numa Terra Estranha Robert A. Heinlein 09/01/2005 ***
2. O Natimorto Lourenço Mutarelli 10/01/2005 ***
3. Coração Envenenado - Minha Vida com os Ramones Dee Dee Ramone e Veronica Kofman 18/01/2005 ***
4. Exploring the World of Lucid Dreaming Stephen LaBerge 31/01/2005 *****
5. Fico, a História de Rafael Levy André Viana 16/03/2005 ** 1/2
6. Sonhos Criativos Patricia Garfield 04/04/2005 ***
7. Alma Guerreira Octaviano Taiu Bueno 07/04/2005 ***
8. Made in Japan - Akio Morita e a Sony Akio Morita 15/04/2005 ***
9. Jesus Kid Lourenço Mutarelli 17/04/2005 ****
10. Porque sou Budista Soninha Francine 23/04/2005 ***
11. Desvendando os Quadrinhos Scott McCloud 28/04/2005 ****
12. On Writing - A Memory of the craft Stephen King 25/05/2005 ****
13. Sidarta Hermann Hesse 26/05/2005 **
14. Assassinatos na Academia Brasileira de Letras Jô Soares 12/06/2005 **
15. Caminhos Metamórficos Joe Ferreira 28/09/2005 ****
16. Contato Carl Sagan 08/10/2005 *****
17. Tuareg Alberto Vazquez-Figueroa 23/10/2005 ***
18. O Fotógrafo Cristovão Tezza 25/10/2005 **
19. Os Segredos da Ficção Raimundo Carrero 25/11/2005 ***
20. A Arte da Ficção John Gardner 25/12/2005 ***
21. Paixão por Vencer Jack Welch 31/12/2005 ****

2004

Estive meio na preguiça no início do ano. Comecei a ler somente no final do mês de janeiro. Até que foi bom; relaxei, curti a praia e as ondas. E por acaso o primeiro livro que li no ano foi de surf. Aloha!

E foi no final do ano passado que resolvi conhecer Bukowski. Eu já me interessava a um tempo por aquele velho safado, mas nunca tive a coragem de encará-lo de frente. Gostei! Com um estilo seco e direto, fui tragado pelas suas histórias autobiográficas.

Cem Anos de Solidão é uma verdadeira viagem ao mundo da fantasia sem precisar tirar os pés do chão. García Márquez conta histórias fantásticas de uma maneira tão natural que as deixa mais reais ainda. Tão logo comecei a lê-lo lembrei-me dos irmãos Hernandez e das Crônicas de Palomar; Macondo e Palomar têm muito em comum. É impossível que os Hernandez não tenham tido um contato anterior com este livro de García Márquez. Bem, quem sabe eles tiveram acesso aos pergaminhos de Melquíades... Li quando estava fazendo o curso de literatura.

E depois acabei lendo um relato da primeira viagem em solitário, com um veleiro, ao redor do mundo. O Rodney que me emprestou o livro e foi realmente muito interessante. Slocum fez esta viagem no final do século XIX. Uma passagem que me chamou a atenção é quando ele encontra um cargueiro no meio do mar e param para conversar durante uma hora. Logo depois o capitão do cargueiro diz que tem que seguir viagem e Slocum escreve em seu diário de bordo que as pessoas não tinham mais tempo como antigamente; isso antes de 1900, veja só.

A História de Eddie Aikau li em seguinda. Compramos o livro na inauguração da Livraria Fnac, aqui em Curitiba. Eddie é um herói havaiano. Surfista de ondas grandes, desbravador de Waimea, salva-vidas no North-Shore e um dos tripulantes de uma réplica dos barcos que os polinésios devem ter usado para chegar nas ilhas do Havaí. A biografia é muito boa, pena que a tradução deixa a desejar em diversos lugares do texto. Mesmo assim recomendo para qualquer surfista ou pessoa que goste de esportes da natureza.

Homem Cobra, Mulher Polvo mostra as eternas diferenças entre homens e mulheres. Livro interessante para se ler a dois e entender que todos os homens e mulheres são iguais, só mudando de endereço.

Eric Raymond escreveu o The Art of Unix Programming diretamente na Internet, deixando milhares de pessoas fazerem a revisão do livro enquanto era feito. Podem dizer o que quiserem do Eric, mas ele é um cara que escreve muito bem e conseguiu pegar realmente o espírito do Unix e colocá-lo em forma da palavra escrita. Um clássico. Li na semana que fiquei em São Paulo, participando da Fenasoft.

O Código Da Vinci, provavelmente o livro mais lido de 2004, é realmente muito bom. Ele junta umas cem teorias diferentes, conspirações e um ritmo frenético, para contar a história do Santo Graal. Se metade do que ele fala da igreja católica for verdade ela demaiu mais uns três quilômetros em meu conceito. Leia.

Pipe Dreams, a biografia do simpático Kelly Slater é legal, nada mais do que isso. Eu esperava algo mais profundo e com mais relatos de suas técnicas. Mas o que o leitor recebe é uma história simples, contando a vida de um menino que se tornou seis vezes campeão mundial de surf. O livro é meio fraco, mas vale a pena por ser do deus Slater. O do Eddie é muito melhor. Li quando estávamos de férias no Aguativa.

Cem Escovadas Antes de ir para a Cama é interessante, mas não passa disso. A pseudo história autobiográfica de uma italiana na sua adolescência, cheia de passagens de sexo forte, não me convenceu. Não consigo acreditar que ela ficou vendada num quarto com cinco homens pelados que nunca tinha visto. Boa leitura para um fim de semana com um pouco de emoção.

Bem vindo ao Clube começa muito bem mas fica um pouco morno no final. Sempre gostei de histórias de adolescentes e esta é muito bem contada. Três amigos, na Inglaterra dos anos setentas, quando o rock progressivo e também o hard-rock começaram a decair e o punk vinha com toda a sua força de contracultura. Bom retrato de uma época.

O Espaço-Tempo e Além é um pequeno livro que peguei emprestado da minha mãe, que já o tinha emprestado de outro amigo seu. É um livro para se ler em uma sentada só, todo com gravuras e escrito em letra de forma, à mão. Ele tenta provar, mas de forma muito leve, conexões entre teorias quânticas e outras coisas da física, aplicadas em planos mais exotéricos como a telecinésia, intuição e outras dimensões. Interessante.

Fazia um tempo que não lia nada do Verissimo. Realmente ele é o rei dos diálogos e da criação de situações inusitadas em seus contos. Comédias da Vida Privada é muito bom para relaxar e ter um gostinho dos anos oitenta. Quem se lembra da Nadia Lipi? :-). Li durante o Congresso Vegetariano, em Floripa.

Não tem jeito, tenho que falar: O Guia do Mochileiro das Galáxias é muuuito ruim! Só consegui chegar no final do livro para incluí-lo nesta página. Não me levem a mal, sei que tem muita gente que gosta do livro, que ele tem fãs pelo mundo inteiro, mas tenho que falar. Eu não gostei do livro. Eu não gostei do livro. Eu não gostei do livro!!! O que me incomoda no livro é que ele é sem pé nem cabeça. As coisas não tem continuidade e o livro não tem lógica. Daí você vai me dizer: mas o livro é exatamente assim, por isso que ele é bom. Tudo bem, tem gente que gosta mas com certeza eu não sou um destes. Não recomendo para ninguém!

E acabei bem o meu ano de leituras com o livro Inferno, de Patricia Melo. A história é muito boa e envolvente, contando a vida de um menino pobre da favela que acaba virando traficante. Apesar de não ser uma trama original, toda a história é bem contada e prende o leitor. Li este quando estava com uma infecção braba nas amígdalas e com febre de 39.

Este ano foi um bom ano de leituras. Apesar de ter lido menos que no ano passado, tive bons livros me acompanhando. O melhor livro do ano me pareceu ser um empate entre a biografia de Bukowski e as peripécias da família Buendía, nos Cem Anos de Solidão.

Livros que li em 2004:

  1. Surf e Saúde - Dr. Joel Steinman
  2. Charles Bukowski: Vida e Loucuras de um Velho Safado - Howard Sounes
  3. Hollywood - Charles Bukowski
  4. Campo Avesso - Rubens da Cunha
  5. Inform Designer's Manual - Graham Nelson
  6. Cem Anos de Solidão - Gabriel García Márquez
  7. Sozinho ao Redor do Mundo - J. Slocum
  8. Eddie Would Go, A História de Eddie Aikau, Herói Havaiano - Stuart Holmes Coleman
  9. Homem Cobra, Mulher Polvo - Içami Tiba
  10. The Art of UNIX Programming - Eric S. Raymond
  11. O Código Da Vinci - Dan Brown
  12. Pipe Dreams, a Biografia de Kelly Slater - Kelly Slater e Jason Borte
  13. Cem Escovadas Antes de ir para a Cama - Melissa Panarello
  14. Bem vindo ao Clube - Jonathan Coe
  15. Espaço-Tempo e Além - Bob Toben e Fred Alan Wolf
  16. Comédias da Vida Privada - Luis Fernando Verissimo
  17. O Guia do Mochileiro das Galáxias - Douglas Adams
  18. The Innovator's Dilemma - Clayton M. Christensen
  19. Secreções, Excreções e Desatinos - Ruben Fonseca
  20. Inferno - Patricia Melo

2003

Comecei bem o ano. Só na primeira quinzena de janeiro já tinha lido 4 livros, apesar de que dois deles eu ter começado em 2002. O Cheiro do Ralo foi uma surpresa; livro de estréia de Mutarelli (sem contar os quadrinhos), é intrigante e belo. Escrito de uma maneira seca e praticamente sem descrições de lugares, encanta pela sua força e simplicidade.

Alan Moore é mundialmente conhecido como argumentista de quadrinhos. A Voz do Fogo me decepcionou; continuo preferindo-o nas HQs. Outro autor de quadrinhos que me decepcionou foi o Neil Gaiman. Li Deuses Americanos e achei-o satisfatório. A série Sandman era muito melhor. Além do mais a tradução da editora Conrad deixou muito a desejar.

Sem dúvida este ano estou batendo o meu recorde de leitura. Uma das táticas que usei é começar a ler outro livro tão logo termine o anterior, de preferência no mesmo dia.

Quando achava que tinha acabado de ler os prequels da série Duna lançaram mais um livro: The Machine Crusade. Os prequels são legais. Livros bem escritos e com uma identidade toda especial com a série original. Também li a biografia do Frank Herbert, escrita pelo seu filho Brian. Muito boa. Recomendo para qualquer fã de Duna.

Em julho deste ano comecei a praticar Yôga. Isso refletiu consideravelmente nas minhas leituras, pelo que dá para ver na lista abaixo. Fazer Yôga é muito bom. Caso você tenha um mínimo interesse pelo assunto, vá até aquela escola próxima de sua casa e informe-se. Depois me escreva agradecendo o incentivo. :-)

Neste ano as editoras brasileiras redescobriram a venda de livros em altas tiragens, a preços baixos, através de bancas de revistas. Comprei diversos clássicos da Abril Cultural mas ainda não li nenhum. A Folha de São Paulo lançou a série Biblioteca Folha reunindo autores modernos. Estas são ótimas iniciativas e espero que vendam muito. O brasileiro tem que tomar um gosto maior pela leitura.

E para não deixar em branco considero Dreamer of Dune o melhor livro que li este ano.

Livros que li em 2003:

  1. A Voz do Fogo - Alan Moore
  2. O Iluminado - Stephen King
  3. O Cheiro do Ralo - Lourenço Mutarelli
  4. Tolkien, Uma Biografia - Michael White
  5. O Silmarillion - Tolkien
  6. Área de Segurança Gorazde - Joe Sacco
  7. Rama Revealed - Arthur C. Clarke
  8. The Letters of J.R.R. Tolkien - Humphrey Carpenter
  9. Deuses Americanos - Neil Gaiman
  10. Caçada ao Predador - James Patterson
  11. Cassino Royalle, James Bond - Ian Fleming
  12. Manifold: Time - Stephen Baxter
  13. Eny e o Grande Bordel Brasileiro - Lucius de Mello
  14. Dune: House Harkonnen - Brian Herbert e Kevin J. Anderson
  15. Estação Carandiru - Drauzio Varella
  16. Writing Down the Bones - Natalie Goldberg
  17. Dreamer of Dune: The Biography of Frank Herbert - Brian Herbert
  18. Tudo Sobre Yôga - Mestre DeRose
  19. Ioga e Saúde - Selvarajan Yesudian
  20. Yôga: Mitos e Verdades - Mestre DeRose
  21. Dune: House Corrino - Brian Herbert e Kevin J. Anderson
  22. Faça Yôga antes que você precise (Swásthya Yôga Shástra) - Mestre DeRose
  23. O Homem Demolido - Alfred Bester
  24. Yôga: Sámkhya e Tantra - Mestre Sérgio Santos
  25. Trópico de Câncer - Henry Miller
  26. Encontro com o Mestre - Mestre DeRose
  27. Clãs da Lua Alfa - Philip K. Dick
  28. Yôga Sútra de Pátañjali - Mestre DeRose
  29. Pantaleón e as Visitadoras - Mario Vargas Llosa
  30. Numa Fria (Hot Water Music) - Charles Bukowski
  31. The Santaroga Barrier - Frank Herbert
  32. Evolution - Stephen Baxter
  33. Prontuário de Svásthya Yoga - Prof. DeRose

2002

Nossa, como Arthur Clarke dominou minhas leituras deste ano! O grande "problema" é que ele gosta muito de escrever trilogias e, ainda por cima, elas são quase sempre de 4 livros. 2001 é realmente fantástico. A seqüência, 2010, também é muito interessante. Os outros dois livros são somente razoáveis.

A surpresa do ano fica por conta de Jake e Mimi, um thriller erótico que me prendeu do começo ao fim. Este é um daqueles livros que não nos deixam parar de ler, fazendo os olhos já cansados entrarem madrugradas a dentro devorando as páginas.

Neste ano tive um marco em minha vida. Minha esposa, Bel, ficou grávida e, no dia 18/12/2002, nasceu o Natan. Aproveitei o tema e li o ótimo Criando Meninos. É uma leitura gostosa e desenvolvida com um grande bom senso. Recomendo para qualquer pai de primeira viagem.

Livros que li em 2002:

  1. Jake e Mimi - Frank Baldwin
  2. 2001 - Arthur C. Clarke
  3. 2010 - Arthur C. Clarke
  4. 2061 - Arthur C. Clarke
  5. 3001 - Arthur C. Clarke
  6. Rama II - Arthur C. Clarke
  7. Garden of Rama - Arthur C. Clarke
  8. O que Vale a Pena - Wendy Lustbader
  9. Nos Céus de Paris (Biografia de Santos Dumont) - Alcy Cheuiche
  10. Dune: House Atreides - Brian Herbert e Kevin J. Anderson
  11. Dune: The Butlerian Jihad - Brian Herbert e Kevin J. Anderson
  12. Jack, Straight from the Gut - Jack Welch
  13. Skywatching - David H. Levy
  14. Criando Meninos - Steve Biddulph
  15. 7 Homens e os impérios que construíram - Richard S. Tedlow

2001

Neste ano resolvi reler as obras de Tolkien. Eu havia conhecido o Hobbit em 1986, quando vi "um amigo de um amigo" lendo a edição portuguesa do livro. Ele contou a história e fiquei fascinado. Imediatamente corri as livrarias e acabei achando não só o Hobbit, como todos os livros de O Senhor dos Anéis.

Gostei muito de Caninos Brancos e da edição brasileira, com fotos e mesclada com ilustrações e fatos da época. "On Writing", me surpreendeu. É engraçado, mas foi a obra que mais gostei de Stephen King. O interessante é que a obra não é uma história de ficção, mas uma mistura de autobriografia e descrições de como é o seu processo para escrever.

O melhor livro que li este ano foi realmente A Man on the Moon. O livro conta a história da conquista da Lua, com o projeto Apollo. Neste livro é que foi baseado a mini-série Da Terra à Lua, exibida primeiramente pela HBO e depois pelo canal Mundo.

Livros que li em 2001:

  1. Rebel Code - Glyn Moody
  2. Só por Prazer - Linus Torvalds e David Diamond
  3. Caninos Brancos - Jack London
  4. Carrie - Stephen King
  5. O Hobbit - Tolkien
  6. A Sociedade do Anel - Tolkien
  7. As Duas Torres - Tolkien
  8. Investimentos - Mauro Halfeld
  9. Canto dos Malditos - Austregésilo Carrano Bueno
  10. O Corredor da Morte - Stephen King
  11. On Writing - A Memory of the craft - Stephen King
  12. A Morte e a Morte de Quincas Berro Dágua - Jorge Amado
  13. A Man on the Moon - Andrew Chaikin
  14. A Quarter Century of Unix - Peter Salus
  15. Harry Potter e a Pedra Filosofal - J.K. Rowling

Qualquer hora tento incluir aqui a maioria dos livros que já li desde que me conheço por gente. Aguarde sentado, pois não sei se terei ânimo para isso :-)